Dinheiro do FGTS inativo é oportunidade para investir e ter reserva no futuro

0
210

Sem necessitar de grandes aportes, fundos de investimento são boas opções, que permitem aplicações a partir de R$ 1 mil

Já a segunda dica vai para quem está com as finanças em ordem. Essa quantia extra, proveniente do FGTS, é uma oportunidade para se tornar investidor, fazer o dinheiro render e ter, assim, uma boa reserva para o futuro.

Entre as várias modalidades que estão disponíveis, os fundos de investimento se destacam por serem cada vez mais acessíveis ao pequeno e médio investidor. Os requisitos neste tipo de aplicação diminuíram, com destaque para a redução no valor do aporte inicial. Algumas plataformas online (que fazem a ponte entre o gestor do fundo e o investidor) têm oferecido opções a partir de R$ 1 mil.

O potencial de ganhos com os fundos é o principal atrativo dessa modalidade de investimento. Sandra Blanco, consultora da plataforma online Órama, explica que os melhores resultados com fundos são alcançados no médio e longo prazos.

Mas, mesmo para quem acha que vai precisar do valor investido no curto prazo, também é uma boa opção, pode ganhar mais do que deixando na poupança – diz.

Outra vantagem de aplicar em fundos é não precisar ser um especialista ou acompanhar o noticiário especializado para saber onde estão as melhores oportunidades. No caso dos fundos, esse tipo de acompanhamento fica por conta do gestor que administra a carteira.

– São equipes formadas por profissionais que conhecem profundamente os instrumentos disponíveis e os ativos com maior potencial de valorização. Elas estão conectadas 24 horas por dia ao que acontece no Brasil e no mundo. Isso dá muita agilidade na tomada de decisão, em caso de necessidade de ajustes na carteira – ressalta Sandra.

Quanto aos fundos de renda fixa, nos últimos três anos*, o Órama DI Tesouro, fundo de renda fixa com resgate imediato, alcançou rendimento bruto de 41,91%, acima de fundos da mesma categoria distribuídos por grandes bancos. Já os fundos multimercado, como o Órama Opportunity Total (45,76%) e o Órama Gávea Macro (49,39%), atingiram retornos superiores. Para fins de comparação, foi usado o CDI, que variou 43,98% no período correspondente.

No caso dos fundos de ações, a diferença é maior. O Ibovespa acumulou 22,39% nesses três anos, enquanto alguns fundos de ações valorizaram mais de 40%. É o caso do Órama Bogari Value, com alta de 41,26%.

Renda extra na aposentadoria
Com a iminente Reforma da Previdência, o brasileiro tem outro estímulo para se tornar investidor, abandonar a tradição de ser imediatista e não poupar recursos para o futuro. O projeto da Previdência prevê mais tempo de contribuição ao INSS e, consequentemente, uma maior espera para receber o benefício ao deixar de trabalhar.

Deste modo, os planos de previdência privada são uma alternativa para quem quer garantir uma quantia após a aposentadoria. O investimento é flexível, podendo ser um aporte único ou uma contribuição mensal. Dependendo da modalidade, pode haver ainda um benefício fiscal na hora de pagar o imposto de renda.

Para quem pensa naquela renda extra na aposentadoria, uma possibilidade é deixar parte dos recursos em um plano de previdência e outra parte em um fundo de investimento.

Veja as opções de investimento adequadas ao seu perfil de investidor na Órama, plataforma online e sem custos.

Fonte: Órama

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here