Smiles supera consenso; BTG vê maior distribuição de dividendos

0
213

Os resultados da Smiles (SMLE3) superaram as estimativas do mercado e do BTG Pactual, avalia o banco em um relatório enviado a clientes nesta sexta-feira (4). O lucro líquido ficou em R$ 146,2 milhões no segundo trimestre de 2017, alta de 18,3% frente ao reportado no mesmo período de 2016.

A margem líquida de abril a junho deste ano ficou em 33,1%, recuo de 2,2 ponto porcentual (p.p.) na mesma base de comparação.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da Smiles no segundo trimestre deste ano totalizou R$ 172,0 milhões, um avanço de 32,6% na base anual. A margem Ebitda ficou em 38,9%, alta de 1,8 p.p. ante o mesmo intervalo de 2016.

“A apreciação recente do real é muito positiva para o balanço da GOL e deve suportar uma reavaliação contínua dos múltiplos da Smiles, que merecem ser superiores a Multiplus”, avaliam os analistas Samuel Alves e Renato Mimica.

Segundo eles, a empresa oferece potencial de dividendos superior neste ano, uma vez que a dinâmica contábil dos créditos fiscais da Webjet pode levar ao pagamento de dividendos extraordinários. A recomendação é de compra e o preço-alvo projetado é de R$ 73.

Por Gustavo Kahil (Moneytimes)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here